poesiareal

«E de tudo os espelhos são a invenção mais impura»

2012-04-26

Manuel António Pina - As escadas

Toma, este é o meu corpo, o que sobe as escadas
em direcção à tua escuridão, deixando-me,
ou a alguma coisa menos tangível,
no seu lugar

2012-03-30

Vítor Nogueira - Terreno

Muitas vezes o pintor fica sozinha,
com o terreno à sua frente, acentuado,
e os demónios às bicadas na cabeça.
É a altura de arriscar, de subir
os degraus da escada óptica, de forçar
a realidade a caber nos seus desenhos.

2010-08-30

Ruy Belo - Relatório e contas

Setembro é teu mês, homem da tarde
anunciada em folhas como uma ameaça
Ninguém morreu ainda e tudo treme já

2010-05-16

2010-02-17

2009-12-13

Herberto Helder - Os brancos arquipélagos

beleza de manhãs arrefecidas sobre o aniquilamento,
paz vertente
passada por manhãs em sopro
de brancura, sob a pressão esplendente do vazio